Os que seguem a JESUS

28 fevereiro 2010

Revelação pelo Espírito

Os coríntios exaltavam a sabedoria humana (capítulo 1). Em contraste, Paulo demonstrava que tanto o meio de salvação que Deus escolheu (a crucificação de Cristo 1:18-25) quanto o povo que Deus salvou (1:26-31) contradizem a sabedoria humana. No capítulo 2, Paulo mostra que Deus se revela somente através do Espírito; portanto, a sabedoria dos homens não pode chegar a conhecer Deus nem a aprender sua vontade.

Métodos de ensino (2:1-5): Deus escolheu uma mensagem simples que Paulo proclamou de modo direto. Ele não mostrou eloqüência retórica, mas simplesmente declarou Cristo e sua crucificação. Muitos líderes religiosos até hoje procuram projetar uma imagem de ostentosa autoconfiança; Paulo mostrou humildade, sentindo sua inadequação diante da tremenda tarefa de proclamar a vontade do Senhor. Sua recusa a fascinar sua audiência com seu próprio encanto e cultura deixaram a fé do povo repousando no Senhor e não nele mesmo.

Sabedoria de Deus
(2:6-13): De fato, a salvação de Deus é sábia. Sua sabedoria, contudo, continua desconhecida pela elite do mundo. Desde que a sabedoria de Deus não pode ser descoberta pelo raciocínio humano, nenhum homem pode jamais chegar a entender a vontade de Deus pelo seu próprio entendimento ou pesquisa. Ninguém pode saber o que estou pensando a menos que eu lhe diga. Do mesmo modo, ninguém pode conhecer a mente de Deus fora da revelação que Deus fez aos seus apóstolos através do Espírito. Deus não revelou apenas o conteúdo geral de sua mensagem, mas deu as próprias palavras da Escritura. Assim, podemos chegar a saber a vontade de Deus revelada pelo Espírito quando lemos o que os apóstolos e os profetas escreveram no Novo Testamento.

O homem separado da revelação (2:14-16): Paulo contrasta o homem "natural" e o homem "espiritual". O homem "natural" é o que não aceita a revelação de Deus, a Bíblia. Seu horizonte é limitado pelas coisas da vida. Ele não pode conhecer Deus porque é somente através da palavra de Deus que uma pessoa pode chegar a entender qual é sua vontade. O homem "espiritual" ouve as Escrituras e confia no que Deus revelou. Enquanto as pessoas mundanas consideram tolo o homem "espiritual", isso não importa; afinal, foram os sábios deste mundo que crucificaram o próprio Senhor da glória (2:8).

A auto-revelação direta de Deus, impossível de ser descoberta pelo engenho do homem, envergonha todas as tentativas de exaltar a sabedoria humana.

Perguntas para estudo pessoal:

*Qual era a maneira de Paulo pregar?

*Por que Paulo não tentou impressionar o povo em sua pregação (2:5)?

*Por que os homens não podem saber a vontade de Deus pelos seus próprios sentimentos e intuição?

*Qual é a diferença entre o homem "natural" e o homem "espiritual"?


*-*por Gary Fisher



26 fevereiro 2010

Deus perdoa o pecado

16 - Este é o concerto que farei com eles depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seu coração e as escreverei em seus entendimentos, acrescenta:

17 - E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades.

18 - Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado.

19 - Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santuário, pelo sangue de Jesus,

20 - pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne,

21 - e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus,

22 - cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa,

23 - retenhamos firmes a confissão da nossa esperança, porque fiel é o que prometeu.
Hebreus 10.16-23


...O que mais enfraquece a fé das pessoas são as lembranças do passado. A acusação é a arma predileta do diabo. Talvez , esse seja o seu caso, como da maioria; são, com certeza , as lembranças de suas falhas e decepções do passado que impedem você de desfrutar o melhor de Deus. Paulo disse: uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam e avançando para as que estão diante de mim (Fp 3.13b).

...Não precisamos ser lembrados de nossos pecados.Aquilo não precisa ser descoberto.Deixe tudo sob o sangue!Deus lhe perdoou.Você deve perdoar a si mesmo.

...A Bíblia declara:Assim que, se alguém está em Cristo,nova criatura é: [inteiramente uma nova criação,um novo tipo de ser] as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo (2 Co 5.17). Pelo sangue de Jesus, tornando-nos uma nova criação, pois um espírito novo foi recriado em nós.

...ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional (Rm 12.1).

... E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Rm 12.2).Renove a sua mente com a palavra de Deus.Não volte mais aos seus pecados passado.Depois que seus pecados estão debaixo do sangue, deus não os visita novamente, e nem você deve fazer isso.

...Veja o concerto que Ele fará com o seu povo depois daqueles dias:Porei as minhas leis em seu coração e as escreverei em seus entendimentos, acrescenta:E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniquidades (Hb 10.16,17).Com esse concerto, outra passsagem das Escrituras afirma: E eu lhes serei por Deus, e eles me serão por povo (Hb 8.10b).

...Não devemos lembrar a Deus de algo que Ele mesmo escolheu esquecer.
...Ele disse :"Não me lembrarei mais".Deus não quer que fiquemos lembrando-lhe algo que Ele, conscientemente e deliberadamente, resolveu esquecer!







Ganhei mais um selinho


Recebi do amigo Aurélio Gomes, muito obrigada pelo carinho
http://aureliomcgomes.blogspot.com


23 fevereiro 2010

Chegamos ao fim

O governo mundial será oficializado ainda esse ano 2009. Nosso recibo de venda será assinado em Dezembro. E agora? o que faremos?






20 fevereiro 2010

Todo - Poderoso

Apocalipse 1:5 e da parte de JESUS CRISTO, que é a fiel testemunha, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra. Âquele que nos ama, e pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados,
Apocalipse 1:6 e nos fez reino, sacerdotes para Deus, seu Pai, a ele seja glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém.
Apocalipse 1:7 Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o TRASPASSARAM; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.
Apocalipse 1:8 Eu sou o Alfa e o ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que HÁ DE VIR, o Todo-Poderoso.



OUTROS VERSÍCULOS:
Apocalipse 1:17 Quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo: Não temas; eu sou o PRIMEIRO E O ÚLTIMO,
Apocalipse 1:18 e o que vivo; FUI MORTO, mas eis aqui estou vivo pelos séculos dos séculos; e tenho as chaves da morte e do hades.


Revelação 1:8

“Eu sou o Alfa e o Ômega”, diz Jeová Deus, “Aquele que é, e que era, e que vem, o Todo-poderoso”.

Provérbios 8:22 => ali disse Jesus
“O próprio Jeová me produziu como princípio do seu caminho, a mais antiga das suas realizações de há muito.

Colossenses 1:13-15
Ele nos livrou da autoridade da escuridão e nos transferiu para o reino do Filho do seu amor, 14 mediante quem temos o nosso livramento por meio de resgate, o perdão dos nossos pecados. 15 Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação.

Então Jeová é o princípio de tudo.

16 fevereiro 2010

Carta à Igreja de Pérgamos

< Apocalipse 2:12-17 >

“Ao anjo da igreja em Pérgamo escreve: Estas coisas diz aquele que tem a espada afiada de dois gumes: Conheço o lugar em que habitas, onde está o trono de Satanás, e que conservas o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha testemunha, meu fiel, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita. Tenho, todavia, contra ti algumas coisas, pois que tens aí os que sustentam a doutrina de Balaão, o qual ensinava a Balaque a armar ciladas diante dos filhos de Israel para comerem coisas sacrificadas aos ídolos e praticarem a prostituição. Outrossim, também tu tens os que da mesma forma sustentam a doutrina dos nicolaítas. Portanto, arrepende-te; e, se não, venho a ti sem demora e contra eles pelejarei com a espada da minha boca. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe.”



************


Versículo 12: “Ao anjo da igreja em Pérgamo escreve: Estas coisas diz aquele que tem a espada afiada de dois gumes:”

Pérgamo era uma cidade administrativa na Ásia Menor, cujos habitantes adoravam muitos deuses pagãos. Em particular, era um centro de adoração ao imperador. Ao dizer “aqueles que tem a espada afiada de dois gumes” significa que o Senhor luta contra os inimigos de Deus.



Versículo 13: “Conheço o lugar em que habitas, onde está o trono de Satanás, e que conservas o meu nome e não negaste a minha fé, ainda nos dias de Antipas, minha testemunha, meu fiel, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita.”

Enquanto Pérgamo era um refúgio de adoração ao imperador, também era um lugar onde o servo de Deus chamado Antipas foi martirizado por recusar a idolatria imperial para defender a sua fé no Senhor. Virá novamente o tempo em que as pessoas serão coagidas a adorarem o Anticristo, mas os santos e servos de Deus defenderão a sua fé até o final, assim como Antipas defendeu a sua fé com sua própria vida. Para termos uma fé firme, nós devemos começar a colocar a nossa fé em nossas ações desde já, mesmo começando aos poucos. Quando o tempo da perseguição chegar, os santos e servos de Deus devem confiar no Espírito Santo, devem confiar em Deus e abraçar com vontade o martírio na esperança, para que possam glorificar a Deus e receber o Novo Céu e a Nova Terra Dele.



Versículo 14: “Tenho, todavia, contra ti algumas coisas, pois que tens aí os que sustentam a doutrina de Balaão, o qual ensinava a Balaque a armar ciladas diante dos filhos de Israel para comerem coisas sacrificadas aos ídolos e praticarem a prostituição.”

Deus repreendeu a Igreja de Pérgamo porque alguns de seus membros sustentavam a doutrina de Balaão. Balaão era um falso profeta que afastou os Israelitas de Deus e os fez cometerem idolatria, tentando-os a terem relações com sacerdotisas gentias que adoravam ídolos. O Senhor repreendeu aqueles cuja fé tinha deixado a Deus. Os corações das pessoas O haviam deixado e começaram a adorar falsos ídolos. E o pecado de idolatria é o mais grave pecado diante de Deus.



Versículo 15: “Outrossim, também tu tens os que da mesma forma sustentam a doutrina dos nicolaítas.”

As palavras “Nicolaítas” e “Balaão” na Bíblia são basicamente sinônimas, significando “aqueles que prevalecem sobre o povo”. Quando Deus disse que existiam “os que da mesma forma sustentam a doutrina dos nicolaítas”, essa foi uma outra forma de dizer que a igreja de Deus deve rejeitar “aqueles que sustentam a doutrina de Balaão”. Aqueles que seguiam estas doutrinas dos Nicolaítas e de Balaão eram os que perseguiam ganhos materiais e a idolatria. Tais pessoas devem ser afastadas da igreja de Deus.



Versículo 16: “Portanto, arrepende-te; e, se não, venho a ti sem demora e contra eles pelejarei com a espada da minha boca.”

Deus disse para a Igreja de Pérgamo para deixar sua adoração de falsos deuses e sua busca por ganhos mundanos e retornar para a fé justa, advertindo a igreja que se ao menos não se arrependessem, o Senhor lutaria contra eles com a espada da Sua boca. Isto é, em outras palavras, uma severa restrição na qual Deus advertiu que Ele puniria aqueles que não se arrependessem de seguir a doutrina de Balaão, mesmo se fossem crentes. Aqueles que ouviram esta advertência de Deus e retornaram para Ele sobreviveram, tanto fisicamente como espiritualmente, mas aqueles que não o fizeram tiveram que abraçar sua destruição física e espiritual. Para que os santos e servos de Deus sejam abençoados nesta terra, eles devem ouvir a Palavra de Deus e seguir ao Senhor com fé.



Versículo 17: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe.”


Os verdadeiros santos abraçarão o seu próprio martírio. Deus nos diz que aqueles que forem martirizados em Seu nome receberão a comida do Céu e terão seus nomes gravados em Seu Reino. Para vivermos fisicamente e espiritualmente, devemos ouvir o que o Espírito Santo disse para a igreja de Deus. Para aqueles que vencerem – ou seja, aqueles que vencerem sua batalha contra os seguidores de Satanás – Deus dará a justiça da fé que liberta dos pecados e, por sua fé, escreverá seus nomes no Livro da Vida.

A Bíblia nos diz repetidamente em muitas passagens diferentes que aqueles que perseverarem até o fim receberão a salvação. Os santos, em outras palavras, precisam ser pacientes no fim dos tempos, para que possam defender a sua fé no evangelho da água e do Espírito. Os nomes dos nascidos de novo serão escritos no Livro da Vida. Os crentes devem, portanto, entrar no Reino de Deus não buscando ganhos mundanos e materiais, mas vencendo estas coisas pela fé, até o dia quando finalmente estarão diante de Deus.


Os sermões em assuntos importantes por Rev. Paul C. Jong


10 fevereiro 2010

Amor

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
1 Coríntios 13:1-3
Pensamento: Amor! Na semana do Dia dos Namorados (14 de fevereiro nos EUA), queremos lembrar o verdadeiro significado do amor. Sem a motivação e expressão de amor, todas as atividades "cristãs" são mais "atividade" do que "cristã". Amor é a expressão do caráter de Cristo e a presença dele nas nossas vidas através das obras realizadas para outros. Então, não se perde na viagem anual de sentimentalismo. Muitos de nós esquecemos da dose diária necessária do amor que se perde freqüentemente no corre corre do nosso cotidiano. Vamos ser amorosos o ano todo e assim mostrar que somos discípulos de Jesus. (Jo. 13:34-35)

Oração: Amoroso Pai Celestial, muito obrigado por ter demonstrado seu amor através de Jesus. Ajude-me a amar como Ele amou - abnegada, sacrificial e constantemente para que outros possam saber do seu amor através das minhas ações. No nome de Jesus eu oro. Amém.

Phil Ware é o autor do devocional diário "Devocional Para Hoje"