Os que seguem a JESUS

25 dezembro 2009

Vigília


Mulheres que vencem

Eu faço parte desse grupo.

Os Magos

Os magos do Oriente
“Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos a adorá-lo” (Mt. 2:2).














A estrela representa um símbolo de distinção. Quando ligada a alguém, indica que seu portador desfruta de posição destacada devendo, portanto, merecer a atenção e respeito. As Escrituras mostram que, no princípio, o espírito do ser humano era semelhante a uma estrela, pois Deus o colocou como querubim da guarda, dando-lhe posição de honra entre todas as coisas criadas (Ez. 28: 14). Mas, ele perdeu essa condição quando se deixou levar pelo pecado, ou seja, perdeu a liderança do mundo espiritual terreno. Isso quer dizer que dominamos na parte física do mundo, mas na parte espiritual somos cegos. O domínio do reino espiritual da terra foi tirado do homem e entregue ao espírito da serpente, a cujas palavras o homem deu ouvidos, em detrimento da ordem de Deus (Ver Lc. 4: 6). Nesse sentido, como herdeiro da natureza pecaminosa de Adão, todo homem passou a ser considerado como uma estrela caída (Ap. 9: 1). Assim, fez-se necessária a vinda de Jesus como homem, para o resgate desse reino, já que, como Filho de Deus, e gerado pelo Espírito Santo (Lc. 1: 34-35), ele não pertence á geração de Adão. Somente ao Senhor Jesus foi possível vir ao mundo nessa condição. Daí a diferença notada pelos estudiosos da época, quando distinguiu o Espírito do Senhor como uma estrela no céu. Diferente de tudo que existia no mundo espiritual da terra na época, essa não era uma estrela caída.
O versículo acima reproduzido mostra o interesse dos sábios espirituais em se aproximar do Salvador. Com toda certeza, eles eram homens tementes a Deus. Mas não tinham a visão do plano de salvação detalhada nas Escrituras como temos hoje. Entretanto, seus gestos sublimes deixaram a marca na história, mostrando a maneira pela qual devemos nos aproximar de Deus. A atitude deles demonstrou o modelo de como devemos comportar hoje, diante do Senhor. Sem olhar para a longa distancia que deveriam caminhar pelo deserto, em lombo de animais, se empenharam em aproximar do recém-nascido tão somente para adorá-lo, e ofertar que tinham de melhor. Eles não estavam interessados em buscar curas, libertações, ou outros benefícios parecidos, mas apenas de ver, adorar e agradar com presentes o Filho de Deus. É claro que o diabo estava de plantão, e tentou enganá-los. Veja o texto:
“Com isto, Herodes, tendo chamado secretamente os magos, inquiriu deles com precisão quanto ao tempo em que a estrela aparecera. E, enviando-os a Belém, disse-lhes: Ide informar-vos cuidadosamente a respeito do menino; e, quando o tiverdes encontrado, avisai-me, para eu também ir adorá-lo.” (Mt. 2: 7-8).
Mas não Deus não deixou que eles caíssem na armadilha, avisando-os a voltar por outro caminho (Ver Mt. 2: 12).
Gostaríamos de deixar claro através dessa mensagem que Deus nunca mudou a maneira de operar quando O obedecemos. Naquele tempo os magos do Oriente foram guiados pela estrela de Jesus, e nos tempos atuais os que obedecem a Deus são guiados pelo divino Espírito Santo, e da mesma forma que Deus os desviou da cilada de Herodes, também hoje Ele nos desvia das astucias satânicas.
Amigos busquem ao Senhor não somente nos momentos de angustias e necessidades; mas pelo prazer em adorá-lo, pois ele é digno de honra e glória. Faça oferendas a Deus sem interesse de algo em troca, apenas demonstrando gratidão pela vida que Ele nos concede, e certamente você será bem-aventurado. Veja o texto:
“Louvai ao SENHOR! Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer. A sua descendência será poderosa na terra; a geração dos justos será abençoada.” (Sl. 112: 1-2).

Que o Senhor te abençoe e te guarde.

Natanael de Souza

10 dezembro 2009

As coisas tortas farei direitas

“E guiarei os cegos pelo caminho que nunca conheceram, fá-los-ei caminhar pelas veredas que não conheceram; tornarei as trevas em luz perante eles, e as coisas tortas farei direitas. Estas coisas lhes farei, e nunca os desampararei.” (Isaías 42:16)

Assim veio a mim e sobre mim a palavra do Senhor e nela há a promessa de iluminar os caminhos escuros dos que não viam. Guiar os cegos, endireitar-lhes os caminhos, nunca os desamparar é uma promessa maravilhosa, porém, sempre há um porém, para ser guiado é preciso seguir, pois de nada adianta deixar o guia ir pelo caminho correto e deixar que ele se vá enquanto continuamos seguindo pelo caminho errado.
Então vem a pergunta: “Para seguir o Guia o que é preciso?” O próprio Guia já deixou a resposta: “E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” (Lucas 9:23). Parece difícil? Não, não é. Entregue-se de coração, conheça Cristo, nasça de Cristo, viva em Cristo. “Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mateus 11:29-30).
Sei que virá outra pergunta: “Mas, como seguir? Meu passado, as coisas que fiz, tudo que passou, como fica? Como ser nova criatura se tanta coisa se passou?”. Renove-se por cristo, nasça do Espírito de Deus. Não seja incrédulo como Nicodemus, creia que é possível e em Cristo tudo se faz novo: “E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.” (Apocalipse 21:5)
Esqueça o que passou e concentre-se no que virá pela frente pois com certeza você foi escolhido. “Assim diz o SENHOR que te criou e te formou desde o ventre, e que te ajudará: Não temas, ó Jacó, servo meu, e tu, Jesurum, a quem escolhi.” (Isaías 44:2)
Assim, como disse, veio a mim e me conduziu esta palavra e assim como ocorreu ao cego de nascença curado por Jesus, tudo que houve, há e haverá em minha vida tão somente serviu, serve e servirá para glorificar e exaltar ao Senhor. “Respondeu ele pois, e disse: Se é pecador, não sei; uma coisa sei, é que, havendo eu sido cego, agora vejo.” (joão 9:25)
Em sua vida isto também há de acontecer. Entregue-se de coração, corpo e alma ao Salvador e deixe que ele cuide de sua vida. Atire-se com a confiança de uma criança nos braços de seu Pai e tenha certeza: Ele não o deixará cair, Ele te consolará, Ele enxugará suas lágrimas, Ele tornará teu fardo mais leve, Ele te receberá com alegria. Venha, lance-se pois Ele te espera de braços abertos. “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” (Mateus 11:28)
Rogério Bolanho
www.vaiarrebentar.com.br

09 dezembro 2009

A loja de Deus














Entrei numa loja e ví um anjo no balcão.
Visite: Mensagens, Papel de Parede, Videos -Santo anjo do Senhor, o que vendes?
Respondeu-me:
-Todos os dons de Deus.
-Custa muito caro?
-Não, tudo é de graça.
Contemplei a loja e vi vasos de vidro de fé, pacotes de esperança, caixinhas de felicidade e sabedoria.
Tomei coragem e pedi:
-Por favor, quero muito amor de Deus,
todo o perdão dEle, vidros de fé, bastante alegria e felicidade eterna para mim e para minha família.
Então, o anjo do senhor preparou um pequeno embrulho que cabia na minha mão.
-É possível, tudo aqui?
O anjo respondeu sorrindo:
-Meu querido irmão, na loja de Deus não vendemos frutos, apenas sementes.
Plante a sua e seja feliz.

A carta de amor do pai

















Minha criança,
Tu podes não me conhecer, porém eu sei tudo sobre ti (Sl. 139.1)
Eu sei quando te deita e quando levanta-se (Sl. 139:2)
Eu conheço todos os teus caminhos (Sl. 139:3)
Até os cabelos de tua cabeça são contados (Mt. 10:29-31)
Tu fostes feito à minha imagem (Gn. 1:27)
Em mim tu vives e move-se, e tens existido (At. 17:28)
Por seres tu minha descendência (At. 17:28)
Eu já te conhecia bem antes da tua concepção (Jr. 1:4-5)
E te escolhi quando planejava a criação (Ef. 1:11-12)
Tu não és um erro, pois todos os teus dias foram escritos em Meu livro (Sl. 139:15-16)
Eu determinei a hora exata de teu nascimento e quanto deverias viver (At. 17:26)
Tu fostes feito de forma admirável e maravilhosa (Sl. 139:14)
E te formei no ventre de tua mãe (Sl. 139:13)
E te tirei do ventre da tua mãe no dia em que nascestes (Sl. 71:6)
Eu tenho sido mal-interpretado por aqueles que não me conhecem (Jo. 8:41-44)
Eu não me encontro distante nem estou furioso, porém sou a completa expressão de amor (I Jo. 4:16)
E é meu desejo gastar meu amor em ti, simplesmente porque és minha criança, e eu teu Pai (I Jo. 3:1)
Eu te ofereço mais que teu pai terrestre jamais poderia oferecer (Mt. 7:11)
Pois sou Eu, o Pai perfeito (Mt. 5:48)
Cada bom presente que recebes vem de minha mão (Tg. 1:17)
Pois sou Aquele que provê e encontra todas as tuas necessidades (Mt. 6:31-33)
Meu plano para teu futuro foi, desde sempre, preenchido com esperança (Jr. 29:11)
Pois Eu te amo com todo eterno amor (Jr. 31:3)
Meus pensamentos para contigo são incontáveis, como a areia da praia (Sl. 139:17-18)
E Eu me regozijo contigo em canções (Sf. 3:17)
E nunca irei parar de lhe fazer o bem (Jr. 32:40)
Pois és propriedade de Meu tesouro (Ex. 19:5)
Eu desejo me estabelecer em ti com todo meu coração e toda minha alma (Jr. 32:41)
E desejo lhe mostrar grandes e maravilhosas coisas (Jr. 33:3)
Se me procurardes com todo o teu coração, encontrar-me-á (Dt. 4:29)
Alegre-te em mim e Eu te darei todos os desejos de teu coração (Sl. 37:4)
Pois Eu é quem te coloco estes desejos (Fp. 2:13)
E sou capaz de fazer mais por ti do que jamais poderia imaginar (Ef. 3:20)
Pois sou Eu teu maior encorajador (II Ts. 2:16-17)
Eu sou o Pai que lhe conforta em todos os problemas (II Co. 1:3-4)
Quando estás quebrantado, Eu estou próximo de ti (Sl. 34:18)
Como um pastor que leva um cordeiro, Eu lhe tenho carregado junto ao coração (Is. 10:11)
Um dia irei secar cada lágrima de teus olhos e afastar de ti toda a dor que teve sofrido nesta terra (Ap. 21:3-4)
Eu sou teu Pai, e te amo tal como meu filho, Jesus (Jo. 17:23)
Pois em Jesus, meu amor a ti foi revelado (Jo. 17:26)
E Ele é a exata representação de Meu ser (Hb. 1:3)
Ele veio para demonstrar que Eu estou por ti, não contra ti (Rm. 8:31)
E para dizer que não estou contando teus pecados (II Co. 5:18-19)
Jesus morreu para que tu e Eu, então, pudéssemos nos reconciliar (I Co 5:18-19)
Sua morte foi o ultimato da minha expressão de amor por ti (I Jo. 4:10)
Eu desisti de tudo que amava para poder ganhar o teu amor (Rm. 8:31-32)
Se recebes o presente de meu filho Jesus, recebes a mim (I Jo. 2:23)
Então, nada irá te separar de meu amor novamente (Rm. 8:38-39)
Venha e irei Eu fazer a maior festa que nos céus já foi vista (Lc. 15:7)
Eu sempre fui teu Pai, e sempre serei teu Pai (Ef. 3:14-15)
Minha pergunta é... Serás tu minha criança? (Jo. 1:12-13)
Eu estou aguardando por ti (Lc. 15:11-32)

Com amor, do seu Deus e Pai, Todo Poderoso.



07 dezembro 2009

Perdão









Porque eu devo perdoar aquele que me ofende? O perdão é um alivio para aquele que perdoa, tira um peso dos ombros e nos deixa mais próximos do PAI.



O dicionário bíblico define perdão como o ato de remissão do pecado cometido.
É próprio de Deus perdoar aqueles que se arrependem.
¨Perdoa as nossas dividas, assim como perdoamos nossos devedores.¨ Mateus 6:12
¨Por que esse homem fala assim? Está blasfemando! Quem pode perdoar pecados, a não ser somente Deus.¨Marcos 2:7
Jesus tem o poder e a autoridade de perdoar pecados.
¨Mas, para que vocês saibam que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados.¨
Marcos 2:10
O perdão de Deus tem relação com a disposição do pecador para perdoar os que pecaram contra ele.
¨Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas.¨Mateus 6: 14 e 15
Os cristãos devem perdoar-se uns aos outros, assim, como Deus, em Cristo os perdoou.
¨Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.¨Colossenses 3:13
Quando Deus perdoa, ele o faz por completo.
¨Ninguem mais ensinará ao seu próximo nem ao seu irmão dizendo: Conheça o Senhor, porque todos eles me conhecerão, desde o maior até o menor, diz o Senhor. Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados.¨ Jeremias 31: 34
¨De novo terás compaixão de nós; pisarás as nossas maldades e atirarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar.¨Miquéias 7:19
¨Quem afirma estar na luz mas odeia seu irmão, continua nas trevas.¨1João 1:9
Todos os pecados podem ser perdoados, exceto a blasfêmia contra o Espírito Santo.
¨Por este motivo eu lhes digo: Todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens, mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada.¨ Mateus 12:31
Acredito que o mais difícil para o cristão é perdoar, porem não podemos nos chamar de cristãos de não sabemos perdoar.
O perdão é renovador, libertar nosso coração, arranca toda mágoa e rancor da nossa vida.
Fica sempre a pergunta:
Porque eu devo perdoar aquele que me ofende?
O perdão é um alivio para aquele que perdoa, tira um peso dos ombros e nos deixa mais próximos do PAI.
Aprendamos e ensinemos aos seus a perdoar, perdoar é uma benção que nos foi dada por DEUS, não deixe que se perca no tempo, não deixe que a benção seja levada pelo vento.
Cresça no Evangelho e na Palavra, perdoe sempre.


"A FÉ ENXERGA O QUE NÃO SE VÊ;
ESPERA O QUE NÃO EXISTE; E
REALIZA O IMPOSSÍVEL."

Bom Dia !













¨A alma que pecar essa morrerá¨. Ezequiel 18:4
A morte vicária de Cristo satisfez as exigências da Lei quanto à morte pelo pecado.



03 dezembro 2009

Nossa Fortaleza













Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. (Sl 46.1.)

Muitas vezes surge a pergunta: "Por que Ele não me socorreu antes? Porque esse não é o Seu
modo de operar. Primeiro Ele precisa nos ajustar à tribulação e ensinar-nos uma lição. A promessa
é: "Estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei e o glorificarei". Primeiro Ele precisa estar conosco
no meio da tribulação, o dia todo e a noite toda. Então Ele nos tirará dela. E isto só acontecerá
depois que nós pararmos de ficar agitados e agastados a respeito do assunto e ficarmos calmos e
quietos. Então Ele dirá: "Basta".

Deus usa a tribulação para ensinar preciosas lições a Seus filhos. As tribulações visam a nos educar.
E quando a sua boa obra está completa, uma gloriosa recompensa nos vem através delas.
Há nelas um gozo suave e um valor real. Ele não as vê como dificuldades, mas como oportunidades.
Selecionado

Certa vez ouvimos de um crente já idoso, um homem de cor muito simples, uma coisa que nunca
mais esquecemos: "Quando Deus prova a gente, é uma boa hora para a gente também fazer prova
de Deus. A gente pega as promessas de Deus e faz prova delas: vai tirando daí tudo o que
é precioso para socorrer a gente naquela provação."

Há duas maneiras de se sair de uma tribulação. Uma é simplesmente procurar ficar livre dela e
respirar aliviado quando tudo passou. Outra é aceitar a tribulação como um desafio de Deus,
para tomarmos posse de uma grande bênção, da maior bênção já experimentada, e saudá-la com
alegria como sendo uma oportunidade de obtermos uma medida maior da graça de Deus.
Assim, até mesmo o adversário se torna um auxiliar, e as coisas que parecem ser contra nós
passam a servir para nosso progresso. Sem dúvida, isto é ser mais do que vencedor por Aquele
que nos amou. — A. B. Simpson
Extraído do Devocional Mananciais no Deserto - Lettie Cowman

02 dezembro 2009

AOS FARIZEUS DIFAMADORES
















A lição da carpintaria


CONTA-SE que certa vez uma estranha assembléia teve lugar em uma carpintaria.

Foi uma reunião das ferramentas para tirar as suas diferenças. O martelo assumiu a presidência da reunião, com arrogância.

Entretanto, logo foi exigido que ele renunciasse. O motivo? É que ele fazia ruído demais. Passava o tempo todo golpeando, batendo. Não havia quem agüentasse.

O martelo aceitou a sua culpa, mas exigiu que também fosse retirado da assembléia o parafuso. É que ele precisava dar muitas voltas para servir para alguma coisa. Com isso, se perdia tempo precioso. O parafuso aceitou se retirar, desde que a lixa igualmente fosse expulsa. Era muito áspera em seu tratamento. E, além do mais, vivia tendo atritos com os demais. A lixa se levantou e apontou os defeitos do metro. Ele igualmente deveria sair do local, porque sempre ficava medindo os demais conforme a sua medida. Por acaso, ele estava achando que era o único perfeito?

Enquanto assim discutiam, entrou o carpinteiro. Colocou o avental e iniciou, feliz, o seu trabalho. Tomou a madeira e usou o martelo, o parafuso, a lixa e o metro.

Depois de algumas horas, a madeira grossa e rude do início tinha se transformado em um lindo móvel.

Ele contemplou a sua obra, elogiou e saiu da carpintaria.

Bastou fechar a porta, para as ferramentas retomarem a discussão. Contudo, o serrote com calma falou:

Senhores, foi demonstrado que todos temos defeitos. Mas também pudemos observar, nas últimas horas, que todos temos qualidades. Foi exatamente com as nossas qualidades que o carpinteiro trabalhou e conseguiu criar uma obra de arte, um móvel muito bem acabado.

Então, todos concordaram que o martelo era forte, o parafuso unia e dava força, a lixa era especial para afinar e limar a aspereza. O metro era preciso, exato em suas medidas. Sentiram-se como uma equipe capaz de produzir móveis de qualidade. Sentiram-se felizes com seus pontos fortes e por trabalharem juntos.

A mesma coisa acontece com os seres humanos. Quando as pessoas buscam pequenos defeitos nos demais, a situação se mostra negativa e tensa.

Ao buscar perceber os pontos positivos dos outros, é quando florescem os melhores lucros para as relações dos seres humanos.

Encontrar qualidades é, portanto, uma tarefa a que nos devemos dedicar, pois ela é capaz de inspirar todos os êxitos humanos.